Juntámo-nos à Área Metropolitana do Porto para promover um envelhecimento digno no Norte - MAZE - Decoding Impact

Juntámo-nos à Área Metropolitana do Porto para promover um envelhecimento digno no Norte

O Aproxima é um programa que pretende apoiar municípios no desenho de respostas para a população idosa, nomeadamente no combate à solidão e na promoção de um envelhecimento digno.

Em parceria com a Área Metropolitana do Porto (AMP), criámos um programa para apoiar os respetivos municípios no desenho de respostas para a população idosa, nomeadamente no combate à solidão e na promoção de um envelhecimento digno, com projetos nas áreas de apoio domiciliário, literacia digital, recolha e tratamento de dados e acompanhamento ao idoso.

A percentagem da população residente em Portugal com 65 ou mais anos é de 22%. Uma das razões para o forte peso da população idosa na pirâmide etária de Portugal é a esperança média de vida no país que é das mais altas da Europa. Aos 65 anos, um homem pode esperar viver mais 18 anos, e uma mulher mais 23. Contudo, se for considerada a esperança de vida saudável a partir dos 65, uma mulher pode esperar viver sete anos e um homem oito. Em Portugal vive-se muito, mas vive-se mal, especialmente nos últimos anos de vida. Quando observamos esta métrica, percebemos que Portugal está nos lugares mais baixos deste ranking da Europa, situando-se entre os países que mais precisam de atuar sobre esta temática.

Conscientes destes desafios, desenvolvemos um programa que apoia os municípios da AMP no desenho de novas respostas aos desafios do envelhecimento. O objetivo é proporcionar uma vida digna e de qualidade à população idosa através da sua valorização, com especial atenção à saúde física e psicológica, condições económicas, inclusão social, resposta dos serviços públicos ao aumento do número de pessoas com mais de 65 anos e preparação para as necessidades da população idosa do futuro. Os municípios envolvidos vão assegurar a implementação dos projetos, procurando em muitos casos, soluções alternativas como candidaturas a financiamento ou corporate sponsorships.

“Os projetos inovadores que têm surgido como resposta aos problemas resultantes do envelhecimento das populações, do seu isolamento e das consequências da situação pandémica, têm, sem dúvida, os Municípios como uma mola fundamental. Na Área Metropolitana do Porto estamos muito focados em proporcionar oportunidades de formação e investimos na aceleração de projetos que cumpram os esses objetivos. Contamos com a MAZE, numa parceria que já tem história, no apoio a iniciativas de inovação social. O projeto APROXIMA, desenvolvido com o apoio da MAZE, tem como objetivo acelerar projetos municipais de apoio a idosos que se revelem essenciais no contexto da pandemia. Valorizar as pessoas em idade avançada permite-nos garantir o bem-estar desta população, numa vida longa, digna e com saúde.”

Dr. Lino Ferreira, Primeiro-Secretário da Comissão Executiva Metropolitana do Porto

O programa APROXIMA acolhe projetos variados, incluindo por exemplo:

  • Projetos de apoio domiciliário: o objetivo destes é garantir que os idosos conseguem permanecer em casa em segurança o máximo de tempo possível. Esta necessidade já era uma prioridade para os municípios participantes e foi acelerada pela pandemia COVID-19. Aqui prevêem-se projetos de apoio médico, apoio na higiene pessoal, apoio na higiene da casa, companhia, estimulação cognitiva, apoio tecnológico para contacto com familiares e amigos, entre outros.
  • Projetos de literacia digital: os projetos nesta área pretendem assegurar um contacto assíduo entre os idosos e a sua rede de apoio (nomeadamente família e amigos) bem como o acesso a serviços públicos – uma fragilidade exposta pela pandemia.
  • Projetos de recolha e tratamento de dados: servirão para conhecer as necessidades e desejos desta população por forma a adaptar a resposta dos serviços municipais.
  • Projetos de apoio ao idoso onde histórias contadas ao telefone servem de pretexto para conversar com os mais velhos, combatendo sentimentos de isolamento e abrindo espaço para que partilhem as suas próprias histórias e preocupações.

“O nosso objetivo no trabalho que temos desenvolvido com os municípios é apoiá-los a testar novos serviços de forma ágil: começando por testar o serviço em grupos pequenos, incorporando em tempo real o feedback que vão recebendo, focando a atenção na experiência do utilizador e monitorizando impacto desde o início.”

Margarida Anselmo, Head of Government Performance da MAZE.

O programa está a decorrer em duas fases. Na primeira fase, com início em novembro de 2020, promovemos seis master classes inspiradoras para trazer perspectivas novas e criatividade, cruzando a longevidade com seis temas: economia, medicina, nutrição, propósito, morte e design. Na segunda fase, que teve início em fevereiro de 2021, cada município vai trabalhar num projeto no terreno seguindo uma metodologia de sprints de quatro semanas. Este é um modelo de trabalho de aceleração de ideias já testado noutros programas implementados pela MAZE. Depois das soluções serem testadas no máximo número de municípios a uma escala pequena, segue-se a partilha das aprendizagens entre municípios. O programa prevê ainda a escala das soluções que provem ser eficazes no apoio municipal à população idosa.

A nossa parceria com a AMP tem vários anos e tem sido muito relevante no fortalecimento do ecossistema de inovação social na região com o programa de aceleração Amplifica e o Fórum AMP. 

Fotografia por Joseph Chan disponível no site Unsplash

A nossa newsletter mensal é escrita pela Cristina, para si, com amor.
Seja o primeiro a receber notícias, tendências de impacto e novidades na equipa.